Ritz

Fomos à filial (Itaim) deste Bar-Restaurante moderno, reduto de um pessoal mais jovem e descolado.
Na entrada chama logo a atenção a porta giratória vermelha e ampla. No interior destacam-se o pé-direito alto, lustres e espelhos na parede. O ponto mais bonito da casa é o Bar com garrafas expostas na parede e uma bela iluminação indireta alaranjada.

Pepino:

Eu e a Batata pedimos um só prato, o Ritz Burger com 2 opções. É um senhor Hambúrguer: 200 gramas de carne com queijo Cheddar ou Gorgonzola, salada, maionese e pancetta. Escolhemos com queijo Cheddar, ao ponto. As opções escolhidas foram onion rings e bolinho de arroz.
Na categoria Hambúrgueres chiques (e caros) da cidade, o Ritz Burguer está no topo da minha lista. A carne é alta, suculenta e costuma vir no ponto que pedimos (o ao ponto no caso vem um pouco vermelho no meio). O Cheddar é de qualidade e a pancetta, vulgo Bacon (neste caso), dá aquele toque final perfeito ao lanche. Acompanha picles e cebola crua para os que curtem (acho imprescindível!).
Quanto às opções, os bolinhos de arroz são uma pedida obrigatória! Saborosos e crocantes, no recheio entram também muita salsinha e queijo ralado. Já o onion rings, apesar de vir em grande quantidade não acompanha a qualidade do prato.

Tinha tudo para ser uma refeição extremamente agradável, porém tivemos um problema ao pedir a conta. Estávamos em 4 pessoas (eu+Batata e dois amigos) e pedimos 3 Notas Fiscais. O atendente disse que seria possível a emissão de uma única Nota Fiscal, referente à mesa. Pedimos para falar com a Caixa que, nervosa e falando alto, ratificou a posição e afirmou que sempre foi assim que a casa trabalhou.
Ocorre que conforme consulta realizada à Secretaria da Fazenda de São Paulo, a emissão de Nota Fiscal individual é obrigação do estabelecimento e um direito do consumidor:

“Mensagem Original:
NFP – 1 comanda.

Estive num restaurante com mais 8 amigos. O restaurante cobrou tudo numa só comanda e todos queriam a Nota Fiscal Paulista. Eles alegaram que como estava tudo numa comanda só, apenas poderiam beneficiar um CPF. Pedimos para dividir nossa conta individualmente e disseram que não podiam. Como proceder?

Resposta da Mensagem 3361587
(…)
Informamos que a emissão de documento fiscal é uma obrigação do estabelecimento comercial e um direito do consumidor, como cidadão, exigir seu cumprimento.
O estabelecimento comercial que deixar de emitir ou de entregar ao consumidor documento hábil ou não efetuar o registro eletrônico no prazo estabelecido ficará sujeito a uma multa de 100 UFESP, sem prejuízo às penalidades tributárias.
(…)
Caso verifique que sua nota não consta no site da SEFAZ, o consumidor poderá exercer sua cidadania e:
– exigir do vendedor a transmissão das informações à SEFAZ/SP; ou
– registrar uma reclamação contra o estabelecimento no portal da Nota Fiscal Paulista.
(…)”

Tá bom. Acabei registrando a ocorrência no site da SEFAZ/SP, mas não foi só isso que nos aborreceu! Também nos deixou perplexos quando eu disse o valor da multa a que estavam sujeitos e a Atendente do Bar (ao lado da Caixa) disse que “Quem vai pagar é o dono mesmo”. Realmente lamentável…
Fica então essa má impressão, pensarei cinco vezes antes de voltar ao lugar e, se voltar, também pensarei se pediremos Nota Fiscal antecipadamente, se sentaremos em mesas diferentes ou se resolvemos o problema no Jan-Ken-Pô.

Preço:
Ritz Burger com 2 opções R$ 32,30
Suco R$ 5,40
Refri R$ 3,80

Vallet:
Sim, não vi o valor

Local:
Rua Jerônimo da Veiga, 141 – Itaim

Site:
Acho que não tem

Anúncios

Tags: , , ,

3 Respostas to “Ritz”

  1. Says:

    Dica: acharia legal vcs colocarem o logo do restaurante e o número de “$$” no começo do post! 🙂

  2. João Pedro Ramos Says:

    Rapaz, algum dia quero ser rico o suficiente pra comer lá. Pela foto o negócio é gostoso mesmo!

    Tenho um blog de comida também, com minha menina Dri, chama Fast Food de Pobre, linkei vocês lá! Visitem e digam o que acham!

    http://fastfooddepobre.blogspot.com

    Abrassssssss!

  3. Feijão Says:

    Compartilho da opinião botando o hambúrger no topo da lista, muito embora tenha conhecido um competente competidor essa semana.
    Infelizmente participei da confusão da Nota Fiscal, e registrei queixa contra o estabelecimento. É lamentável o pouco, senão nulo esforço investido pelos responsáveis na resolução desse problema. Ainda mais lamentável o descaso da rapariga do bar.
    A denúncia encontra-se em análise pelo Fisco.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: