Bueno

Este discretíssimo restaurante era o escolhido para ser o primeiro Post do nosso Blog, mas por problemas “técnicos” (vergonha de sacar a máquina fotográfica) deixamos para outro dia. Hoje, munidos com um celular de boa resolução, voltamos ao Bueno.
Aos aventureiros de primeira viagem aviso que o local não tem sinalização ou qualquer indício de que ali funcione um restaurante. Empurre a porta escura de correr sem medo.
O interior é muito bacana, parece um pedacinho do Japão aqui em São Paulo. Conta com um balcão, um estreito corredor, fotos do dono da casa (Kuroda, um ex-Sumotori) nas paredes, garrafas de Sakê e Whisky expostas na prateleira, entre elementos típicos japoneses. Ajuda a entrar no clima a TV, sempre passando vídeos de J-Pop e a clientela, sempre falando nihongô.

Pepino:

Começamos pedindo uma porção individual de Porco. Considero essa uma das melhores carnes de Porco que já comi. É bem molinha (desmancha com o hashi), temperada e molhada – deve ficar um longo tempo cozinhando no maravilhoso caldo da casa – até a gordura é gostosa! A Batata me repreende, mas não consigo deixar de comer.

A Batata continuou a glutonice pedindo o Okonomiyaki, uma mistureba de repolho, purê de abóbora, molho barbecue, maionese, peixe seco e algas. O toque do Kabocha (abóbora) deixa o Okonomiyaki com um sabor diferente (e melhor) de todos outros que já provei. O prato é grande, acho melhor dividir entre duas pessoas, pois o tempero é forte e começa a enjoar um pouco no final.

Eu pedi o Chanko Nabe, caldeirada servido aos lutadores de Sumô, na opção Missô. Esse vem com Porco, missô, acelga, cebola, shimeji, shitake e tofu. O prato é bem levinho, vem mais caldo do que os ingredientes. Uai, e por que os Sumotoris são gordinhos? “É porque eles comem em grandes quantidades e com muito arroz”, explica Kuroda.

No final você pode optar por deixar um pouco do caldo sobrar e finalizar com arroz, ovo e cebolinha – O Ojiya – ou transformá-lo num Udon, com macarrão, ague e cebolinha. Escolhi o Ojiya. O ovo esquenta no caldo borbulhante e vira uma pasta divertida com sabor saudosista, a Batata recordou de um prato que a Vó dela fazia.

O pessoal da casa manda bem, todos são simpáticos e eficientes. Impressionante que um deles é poliglota, contei pelo menos 3 línguas, além do português!
É um lugar ainda não muito explorado que oferece uma faceta diferente da culinária japonesa. Adoramos e recomendamos.
Detalhes: Não aceita cartões de Débito ou Crédito, funciona de Terça a Domingo só na janta e convém reservar: 3203-2215.

Preço:
Porção Individual R$ 9,00
Okonomiyaki R$ 29,00
Chanko Nabe R$ 25,00
Finalização Ojiya R$ 8,00
Ocha R$ 2,00

Vallet:
Não sei se tem convênio

Local:
Rua Galvão Bueno, 458 – Liberdade

Site:
Acho que não tem

Anúncios

Tags: , , ,

9 Respostas to “Bueno”

  1. YumiNaMesa Says:

    Pô, toda vez que passo na frente o lugar está fechado… Ou será que só parece que está fechado? Bom, sei lá. Meu pai diz que está fechado e ele sabe disso, pois já viu o restaurante aberto… rs
    Agora estou curiosa… Quais línguas o cara falava??? E por que ele teve que falar todas? Clientela internacional?

    • batataepepino Says:

      Pepino:
      Dei uma editada no post, gracias! Então, ele só funciona na janta a partir das 18… Dá pra identificar maizoumenos assim:
      Fechado: O restaurante baixa uma porta metálica cinza com um desenho japonês.
      Aberto: Porta escura e luzes acesas.
      Pois é! Clientela internacional mesmo. Nesse dia ele conversou com um grupinho em inglês e alemão (acho que era alemão), depois ele falou com outro grupo de japoneses em nihongô e conosco, pseudo-japoneses, em português. Eu que só sei falar em Batianês fiquei com vergonha…

  2. YumiNaMesa Says:

    Ahhh! Obrigada! Então, realmente, todas as vezes que vi o restaurante estava fechado! Estou morrendo de vontade!
    Será que os cara encanam se eu ficar tirando fotos (com uma câmera de verdade, pois meu celular é péssimo)?
    Hahaha! Eu vou confundir o troglodita, digo poliglota! Vou começar com português, vou passar para o alemão, depois o inglês e, por último, o batianês!

    • batataepepino Says:

      Pepino:
      Acho que nem ligam não! A gente que ficou com um pouco de vergonha mesmo! Porque normalmente nós tiramos as fotos na mesa, discretamente, acontece que lá é balcão e ficamos cara a cara com o pessoal… mas pega nada não!

  3. Estelis Says:

    Eu fui la uma vez, e a comida é gostosinha mesmo, mas não é pra qualquer um né?
    Ah, e qdo fui, eles nem foram muito simpaticos. Eu tinha feito reserva, mas eles ficaram perguntando quem foi que indicou, quem que eu conhecia que conhecia lá. E só depois deixaram subir.

    • batataepepino Says:

      Pepino:
      Uai, com a gente foi bem tranquilo! Você foi faz tempo?
      Acho que ano passado, no começo, eles eram mais reservados, lembro que a primeira vez que fui não me senti muito a vontade, quase ninguém lá falava português e eu me senti um estranho no ninho! Mas ultimamente, até por causa de uma maior divulgação, eles vem se adaptando a nova clientela (não japoneses do Nihon). Dá mais uma passada lá e pede um Porco e uma Língua de Boi – Gyutandon, talvez você mude a impressão!

  4. Paloma Says:

    Olá, o Bueno é muito bom!! E sim, sempre muito eficientes e simpáticos!!
    Agora, se vocês são um casal que adoram culinária de qualidade, devem ir ao RAS – Robata & Art Sushi. É um restaurante que tem um leque de variedade no festivais da casa. São mais de 20 opções de espeto (robata) e mais de 25 sabores de temaki. No almoço, de segunda a sexta, outro festival é destaque. Ele dá direito a temaki, grelhado, yakisoba, hot roll, salada, gyoza, harumaki, entre outros pratos. A casa é estreita e bem iluminada, dando um clima único, descontraído e agradável.
    Fica localizado na Alameda Dos Arapanés, 1.190 – Moema
    Tel: (11) 3578-9545

    • Pepi.no Says:

      Meu pai foi lá semana passada e gostou, falou que os temakis são feitos na hora e vem em bom tamanho, já estavamos planejando uma visita

  5. Paloma Says:

    Tenho certeza que não irão se arrepender.
    Até.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: