Kaburá

Voltamos ao Kaburá, desta vez com a família do Pepino. No último Post da casa ficaram faltando alguns pratos “must taste before you die”, que serão tratados a seguir.
Chovia bastante no dia e, conseqüentemente, o Restaurante encontrava-se vazio. Não tivemos problema para nos acomodarmos.

Batata:

Já que ainda estávamos cheios do almoço (Templo da Carne), fizemos pedidos mais leves. Para começar, o irmão do Pepino pediu uma porção de Tan No Sumisso (Língua bovina no Missô), que veio com a Língua cortada em finas fatias cobertas com cebolinha e o molho agridoce de Missô separado para servir a gosto. Adoramos, quase que incondicionalmente, essa iguaria.

Como prato principal, escolhi um Temaki de Uni. O Ouriço veio um pouco mais escuro que o habitual, sem aquela cor alaranjada brilhante característica. Seu sabor, apesar disso, estava normal. Junto ao recheio encontramos inéditas tirinhas de pepino e mini-rúcula, que combinaram bem.

O Pepino optou pelo Sanma, mas como não tinha, a Atendente sugeriu (e ele acatou) o Aji (Carapau) na brasa. O peixe, que inicialmente assustou pelo tamanho (para umas 2 pessoas), chegou com sua bela apresentação (a mesma da Anchova), molhado e saboroso.

O serviço, novamente, foi rápido e eficiente.
Reforçando: Não aceitam cartões de Débito e Crédito.

Preço:
Tan No Sumisso R$ 23,00
Temaki de Uni R$ 17,80
Aji R$ 52,00
Missoshiro R$ 3,30

Vallet:
Acho que não tem

Local:
Rua Galvão Bueno, 346 – Liberdade

Site:
Acho que não tem

Anúncios

Tags: , ,

12 Respostas to “Kaburá”

  1. bitchori Says:

    Hum… Kaburá!
    Preciso voltar… Faz tempo que não como lá. Se quiserem repetir a dose, é só chamar.

  2. Carlos Says:

    Esse carapau tá com uma cara boa….lembro da anchova gigante que comi da última vez. O legal é aquela camada de sal que fica em cima dele…

    • Pepino Says:

      Pepe Legal:
      A Anchova de lá é tudo da bão! E esse Aji não ficou atrás não! Ótima variação! Mas sabe o melhor peixe que comi lá? Se chama Aburayaki, se não me engano… é um peixe com a carne gordurosa (abura), bem branquinha. Perguntei para os donos e disseram que é um peixe escuro feio, abissal, e de vez em nunca aparece por lá!

  3. liberdade « Jabuticabas Says:

    […] aproveitar e colocar uns outros da liberdade que quero conhecer. kabura: jb, bicho, batata aska: jb, bicho, yumi bueno: jb deigo: jb, bicho, batata e pepino kidoairaku: bicho, yumi, […]

  4. YumiNaMesa Says:

    Fala, Pepino!
    Vou no Kaburá hoje!!! Vamos ver se tenho coragem de encarar a tal da língua!
    Ah, no seu tamaki de uni, aquilo que você classificou como “mini-rúcula” é o kaiwarê-daikon. Ou seja, broto de nabo! Quando fazemos temaki em casa, se não tiver kaiwarê-daikon eu fico emburrada, injuriada, inconformada! É uma coisa que eu não abro mão, pois acho que combina muito com qualquer recheio de temaki.

    • batataepepino Says:

      Pepino:
      Qd a Batata escreveu dessa mini-rúcula tb tinha achado estranho, fica a correção. Mas nunca tinha prestado atenção nesse broto, só vi no Kaburá!

      • YumiNaMesa Says:

        Pepino,
        comi a língua!!! É boa, mas não vou compartilhar a sua fixação! Hehehe
        O Carlos, do Tabeteimasu, ficou com aflição e não parava de repetir para si mesmo: “gostoso este rosbife… rosbife… estou comendo rosbife…”
        Gostei de tudo que pedi lá. Certamente voltarei!
        Ótima dica!!!
        Bj!

        • batataepepino Says:

          P:
          Tb gosto de tudo lá! E… tem uns segredos lá tb, aparentemente… coisas que não constam no cardápio.
          Uma vez pedi um Aburayaki (algo gorduroso, grelhado) que era um peixe abissal que de vez em nunca aparece lá! Fica o toque!

  5. Carlos Says:

    Por culpa de vocês a Yumi quis pedir a porção de língua…e tivemos de acompanhá-la….rs…Não é ruim, mas preferi pensar que estava comendo um rosbife ao invés de pensar que era língua…

    O sabor é suave e apenas no finalzinho fica um pouco mais forte. Gostei mesmo do sumisso…com um toque de karashi.

    Tinha ido apenas uma vez antes e agora me lembrei que vale muito a pena comer lá. O aguedashi tofu é bom demais.

  6. Carlos Says:

    A Yumi tá me tirando né? Da próxima vou combinar com ela de ir em um coreano…aí ela vai ficar reclamando do cheiro….rs…

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: