Gombe

Este é um Restaurante japonês, no mínimo, curioso. Até pouco tempo atrás não tinha placa de identificação (chamavam-no pelo número da casa, 22), sua fachada fica escondida atrás de altos bambuzais e os Atendentes mal falam português. Parece até um local secreto.
A parte interna é antiga, decorada com luminárias gastas e muita madeira escura. O lugar mais interessante para se sentar é no balcão, primeiro a lotar.

Pepino:

Pedi algumas Robatas, especialidades do Gombe.
E eles chegam rápidos. O meu preferido, de Língua de boi passada no molho Tarê, estava macio e saboroso. Decepcionou, porém, o de Cupim, de consistência borrachuda.

Mais um pedido usual, o de Alho, veio em pedaços grandes e tostados no ponto correto.
Por último temos o Shimeji com Bacon, que é impossível de não gostar, bem gordo. Essa escolha, no entanto, está com um preço sem-noção (não tinha visto antes).

Serviço demorado e escasso (às vezes ficava sozinho no salão).
Essa visita não foi tão proveitosa. Acho que da próxima vez vou ficar só nos espetos de Língua, e pedir umas tigelas de arroz.

Preço:
Língua de boi R$ 3,40
Cupim R$ 3,40
Alho R$ 4,50
Shimeji com Bacon R$ 13,00
Chá Não é cobrado

Vallet:
Convênio com estacionamento em frente

Local:
Rua Thomaz Gonzaga, 22 – Liberdade

Site:
Acho que não tem

Anúncios

Tags: ,

10 Respostas to “Gombe”

  1. lilicasinger Says:

    Eu adoro o Gombe!
    Mas prefiro pedir sukyaki ou teishoku! são ótimos!

  2. Denise Says:

    Caraca, é isso mesmo o valor do espetinho de shimeji com bacon?
    Que facada…

  3. Says:

    nossa, R$13 numa robata é caro demais meu deus! Mas parecia estar mto bão 🙂

  4. Carol Says:

    Esse espetinho de R$13,00 me lembrou a Casa do Espeto, o de anchova com salmão saiu R$12,00. Absurdo cobrarem um espetinho nesse valor. Por isso gosto de ir em robatarias com rodízio hahahahah.
    Mas com certeza o Gombe está na minha lista de restaurantes para experimentar! 😉

    • batataepepino Says:

      Não sei de onde raios tiraram o preço dessa robata… contabilidade de custos já! Eu gosto do ambiente do Gombe… tal qual o o Kaburá… meio roots.. hehe
      Pepino

  5. Guilherme Says:

    Sugestão para uma próxima visita: coma o katiki (não sei se a grafia está correta). Trata-se de um pedaço de atum branco no missô assado na churrasqueira. É animal!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: