Juca Alemão

Ainda colhendo frutos do mês-de-aniversário-tudo-posso, e aproveitando a dica do leitor Fernando da Silva Trevisan, fizemos uma incursão pelo Restaurante Juca Alemão – unidade Aeroporto de Congonhas –, que é especializado na culinária germânica.
Assim que entramos, demos de cara com um extenso salão que remete a um chalé europeu, cheio de elementos de madeira na cor escura.

Pepino:

Junto com o cardápio, uma cesta de pães, molho tártaro (com maionese caseira), manteiga e azeitonas foram apresentados como Couvert.
Já para o pedido principal, optei por escolher o Páprika Schnitzel (filé de lombo grelhado com molho páprika e knödel) da casa.
A primeira mordida que dei agradou logo de início, revelando uma carne macia e um molho forte e encorpado. Também gostei do knödel (massa feita de ovos, farinha e água), que adicionou peso ao prato. Porém, ao longo da experiência, achei que o intenso gosto de creme de leite presente no molho terminou por sobrepujar os demais sabores.

A Batata resolveu pedir o Goulaschsuppe (sopa de carne bovina desfiada), comedido no tempero e em temperatura ideal para aquecer o corpo nas noites frias.

Gostamos do serviço, prestado de forma eficiente.
Quanto à conta, fizemos uso da promoção que consta no site, na qual os aniversariantes do mês ganham uma refeição individual. Juntando as bebidas e a taxa de serviço, o preço final ficou em torno de R$ 50,00 o casal. Saímos de lá bem satisfeitos, especialmente em relação ao custo-benefício.

Preço:
Couvert R$ 4,95
Páprika Schnitzel R$ 31,55
Goulaschsuppe R$ 21,45
Refri R$ 3,95

Vallet:
Tem e não é cobrado (mas o manobrista pede “caixinha”)

Local:
Rua Nhu-Guaçu, 303 – Aeroporto

Site:
http://www.jucalemao.com.br/pt/home

Anúncios

Tags:

10 Respostas to “Juca Alemão”

  1. deliciasdaisa Says:

    realmente, parece que o custo-beneficio valeu!

    nao pediram sobremesa? sempre tenho curiosidade de saber o que os restaurantes oferecem…

    http://deliciasdaisa.blogspot.com.br/

  2. Fernando da Silva Trevisan Says:

    Caros, legal que seguiram a dica e se deram razoavelmente bem (apesar do creme de leite 🙂 – mas pelo visto não superou o seu alemão preferido, né, Pepino? Abs e novamente, valeu pelo blog!

    • Pep Says:

      No final, deixei um pouco do molho de lado e pedi “para viagem”. No dia seguinte comi com macarrão e ficou muito bom hehe, mas gostei bastante pelo preço. Quando ao Alemão preferido, vamos escrever sobre ele no nosso próximo post!
      Abs!

  3. Rachel Ferraz Says:

    gostei do seu blog!!!!

    vc passa pelas mesmas dores e delícias q eu!!!! =]
    Grande beijo..
    Rachel Ferraz

  4. Carlos Says:

    Preciso começar a explorar restaurantes alemães…ainda não fui em nenhum! Já ouvi bastante sobre o Páprika Schnitzel e tenho vontade de experimentar pois eu curto tudo que leva creme de leite 😉

    Boa dica sobre a promoção…espero que continue até o mês do meu aniversário…

    Abs

    • P Says:

      Ah, eu adoro restaurantes alemães! Mas até então visitava sempre os mesmos, resolvemos expandir nossos conhecimentos heh!
      O Grubster tem boas promoçoes de 30% no Weistube e no Die Meister, acho muito bom tb!
      Abs!

  5. Yumi Says:

    Sempre que está frio e estou sem criatividade para escolher um restaurante eu vou ao Juca. Mas costumo ir no Juca do Brooklin (da R. Álvaro Rodrigues, porque tem 2 no mesmo bairro), que para mim é o mais aconchegante.
    Adoro o Páprika Schintzel, mas geralmente peço o Páprika de Filé, que é com carne bovina. Acho que fica mais saboroso, pois o “suco” da carne dá um sabor especial ao molho de páprica. O Knödel é feito com batatas, quase um nhoque, mas com muito mais farinha. Acho que eu seria capaz de comer só Knödel com molho… hehehe.
    Não gosto muito da Goulashsuppe do Juca. Acho que os húngaros fazem melhor que os alemães… Aliás, vocês conhecem algum restaurante húngaro? Ouvi dizer que existe um escondido aqui perto do Col. Santo Américo. Será que é verdade?

    • ´P Says:

      Gostamos da unidade Aeroporto pela promoção (aniversário), saiu baratinho já que não paguei pelo prato. Eu achei que faltou uma mão mais pesada no tempero desse Goulashsuppe, mas até que caiu bem em uma noite fria. Húngaro fomos no Mignon Chárika e Maria Escaleira, acho que vale uma passada nos dois. Já o do Sto Américo eu li isso em algum lugar também, mas parece mais lenda =\

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: